QUAIS AS MELHORES PENS PARA DJ?

Escolher uma boa Pen USB para DJs não é fácil, porque existem inúmeras marcas e modelos no mercado, mas muito poucas conseguem preencher as nossas necessidades especiais. Analisamos algumas e escolhemos as melhores na nossa opinião e recomendamos. Não deves esquecer que o ideal é ter pelo menos duas pens numa atuação DJ, uma para cada leitor de USB, de preferênçia com igual organização musical, ou 3 pens caso toques com 3 decks ou queiras ter uma pen suplente.
Este tutorial foi baseado nas pens atualmente existentes no mercado. As especificações que levamos em atenção e as mais importantes foram, a capacidade, a velocidade de gravação e por fim a construção.

CAPACIDADE

Para começar, a capacidade, esta depende muito do tipo de DJ que és, ou seja, se atuas apenas com um estilo musical ou vários estilos num GIG. Por regra DJs multi estilos que atuam em cenários como casamentos, eventos corporativos, bares e discotecas mais comerciais tem a necessidade de ter um maior número de músicas pela diversidade de estilos e publico mais “Main Stream”. No entanto, DJ com estilos definidos que tocam com mais personalidade e que usam um ou dois estilos, permite levar menos músicas para o GIG.
As capacidades atualmente existentes no mercado são de 8 GB até 1 TB, no entanto, costuma ser mais que o suficiente para atuações para qualquer tipo de DJ, Pens com 16 GB ou 64GB. Capacidades com 128GB geralmente aconselhamos para copias de segurança. Estes valores foram abordados e analisados na nossa última aula de conhecimento onde falamos sobre como organizar playlist e o numero de musicas essencial para um GIG, caso queiras assistir a esta aula pede-nos através do nosso Facebook ou Instagram.

É aconselhável assimilares que, uma PEN para DJ não deve ser usada para outros fins, como transportar documentos, vídeos ou software, porque estes ocupam espaço e com isso ficarás rapidamente sem espaço.

VELOCIDADE

Outro fator importante é a velocidade, não a velocidade de leitura feita através dos CDJ, porque estes normalmente estão limitados pelas portas USB 2.0 que têm uma velocidade de leitura até 480Mbit/segundo. Esta velocidade pode variar mediante a marca e modelo com características iguais, as velocidades médias de transmissão andam entre os 150Mbit/s e os 380Mbit/s.
No entanto, estas velocidades são mais que suficientes para aceder á música com rapidez mesmo que sejam em Pens 2.0. Para identificarmos o tipo de velocidade de uma de forma rápida, basta olharmos para a cor dos conetores, se for preto representa 2.0 (480Mbit/s), se for azul representa 3.0 (5Ghz/s) ou 3.1 (10Ghz/s).

O verdadeiro fator determinante é a velocidade de gravação, que é a necessária para copiar músicas do nosso computador para o pen e vice-versa. E já sabemos que um DJ só sente falta dessa velocidade quando está numa atuação e precisa de carregar músicas em poucos minutos do computador para PEN.

DURABILIDADE E CONTRUÇÃO

Sejamos realistas, as PENs não são feitas para durar, ou pelo menos essa é a nossa experiência porque já experimentamos dezenas e a realidade é que a durabilidade é definida pela forma como cuidamos delas, as carregamos e as protegemos. A verdade é que nunca sabemos quando irão falhar.
Quero lembrar que o conteúdo de uma Pen DJ é o resultado de dias, semanas e até meses de trabalho e a música é ouro e quando roubada, ou pior, estragada não deixa nenhum DJ indiferente. Por isso sugerimos que a melhor forma de gerir músicas é criar e organizar a biblioteca musical num computador, num software de gestão musical como o Rekordbox, Traktor Serato, iTunes entre outros e exportar para a pen. Assim a tua copia de segurança para atuações é o computador.
A construção também é importante. Pen de plástico são melhores na ligação com as portas USB dos leitores da Pioneer, não criam tantos problemas de ligação, no enanto, pela quantidade de vezes que usamos e como são de plástico estragam mais rapidamente. Aconselhamos que não sejam grandes ou compridas para não batermos sem querer com a mão nas mesmas quando estão ligadas aos leitores.

CONCLUSÃO

Para concluir os modelos que sugerimos são as Pens da Sandisk, porque além de terem o melhor comportamento reportado por muitos DJs na utilização em variadíssimos leitores de CDs, terem todos as especificações aqui faladas, também têm uma boa relação preço/velocidade. Caso tenhas uma boa experiência com outras marcas ou modelos de pens partilha na nossa página de Facebook ou Instagram.
Written by

Deixa um cometário

O teu email não será usado para publicidade. Required fields are marked *

CLOSE
CLOSE